Governo do Estado promove a 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais


As mais de 1.200 atividades acontecem em todos os territórios regionais e integram as celebrações do Dia do Patrimônio Histórico

A 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais, realizada pela Secretaria de Estado de Cultura, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), durante todo o mês de agosto, contará com cerca de 1.200 atividades de preservação e promoção do patrimônio cultural.Neste ano, aproximadamente 640 municípios mineiros participam da Jornada, que integra as comemorações do Dia do Patrimônio.

A programação reúneexposições, feiras, apresentações musicais e de teatro, seminários, encontros de grupos e culturas populares, como capoeira, catira, congado, folia de reis e reinado, além de visitas guiadas, publicações, dentre outras atividades que se relacionam com a preservação do patrimônio cultural de cada cidade participante.

O tema desta edição é "Outros olhares sobre o Patrimônio Cultural" e o objetivo é despertar o olhar, o interesse e o engajamento da população para a preservação do patrimônio material e imaterial de Minas Gerais.

Para a presidente do Iepha-MG, Michele Arroyo, a Jornada aproxima o público e promove o patrimônio cultural produzido pelas comunidades. "Minas Gerais possui um patrimônio cultural diverso, plural que merece ser visitado e vivenciado pelas comunidades e visitantes. Celebramos o dia do Patrimônio Cultural em parceria com os municípios”, disse a presidente.

A realização da Jornada por meio das ações inscritas pretende difundir os acervos históricos sob a guarda de instituições públicas e estimular a formação e a difusão de acervos particulares. A proposta visa promover a troca de conhecimento entre entidades públicas e privadas relacionadas ao patrimônio e à preservação e catalogação de acervos. 

Os registros como a fotografia e o audiovisual se constituem ações que por meio de um olhar sobre a história e os bens culturais incentivam à formação cidadã das novas gerações.

As prefeituras municipais que tiverem sua adesão à Jornada homologada e que comprovarem a realização das ações conforme a Deliberação Normativa do CONEP terão direito à pontuação no programa ICMS Patrimônio Cultural.

A programação completa da 6ª Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais pode ser conferida no site do Iepha-MG, www.iepha.mg.gov.br.

A Jornada

A Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais teve sua inspiração inicial na experiência francesa das JournéesduPatrimoine. Criado na França em 1984, o evento se consolidou por marcar, de forma nacional e anualmente, um final de semana de mobilização popular em torno da valorização e preservação do patrimônio francês. O sucesso na França foi tanto que hoje a Jornada Francesa expandiu-se para todo o Velho Continente.

Nas últimas quatro edições realizadas, 1.500 proponentes promoveram cerca de 3.500 ações abordando diferentes temas sobre o patrimônio cultural. Com a participação de mais de 500 municípios, a iniciativa foi agraciada com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade de 2010, na categoria Divulgação do Patrimônio Cultural. O prêmio é um reconhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Iphan, que valoriza as ações que se destacam na preservação do patrimônio cultural do país.      

Serviço:

Jornada do Patrimônio Cultural de Minas Gerais

Quando: 1º a 31 de agosto de 2017

Onde: em mais de 600 municípios mineiros


24/08/2017