Obras minimalistas estão expostas na Casa de Gonzaga


A artista KK Bicalho apresenta seus trabalhos de confecção de paisagens com papel e tesoura

Nos primeiros anos de vida as crianças têm o hábito de recortar papéis, seja por diversão ou como parte do aprendizado nas escolas. Foi nessa época que Camila Bicalho, mais conhecida como KK Bicalho, começou a cortar papel, costume que ela levou para sua vida, quando um professor na faculdade de artes, aconselhou-a a dar um fim artístico ao hobby. 

“Eu recortava igual a um menino que desenha. Recortava, brincava de fazer formas, tentava fazer figuras, depois inserir mais detalhes. Isso virou uma forma de registrar as coisas”, destacou a artista sobre os primeiros trabalhos, que acabaram sendo dados a amigos ou jogados no lixo.

No curso da Escola Guignard, da UEMG, ela começou a estudar sobre sombra, cores, contrastes e passou a aplicar estas técnicas aos trabalhos. As obras são minimalistas, prezando pela simplicidade dos objetos retratados, como Igrejinha da Pampulha, Viaduto Santa Tereza, outros locais tradicionais de Belo Horizonte, membros do Clube da Esquina ou ações cotidianas da vida das pessoas. Contudo, mesmo nos pontos turísticos da capital mineira, a presença das pessoas é uma constante, destacados como patrimônio vivo.

A fixação perpendicular a base foi a forma encontrada por KK Bicalho para que as sombras passassem a fazer parte do trabalho artístico. Os registros do dia a dia da artista, ganhavam formas nos papéis que ela recortava, além de uma riqueza de detalhes que ela foi aprimorando ao longo dos anos.

As obras da jovem artista estão espalhadas pelo mundo, fazendo parte de coleções particulares na África do Sul, Alemanha e Republica Tcheca, além de terem adquiridas pelo Museu de Arte Moderna | MAM, onde estão abertas à visitação.

Os trabalhos da artista estão em exposição na Casa de Gonzaga, na Rua Cláudio Manuel, 61, Ouro Preto/MG, até o dia 30 de julho, sobre o nome de Contos Daqui Pra Lá, durante o Festival de Inverno Ouro Preto e Mariana | Fórum das Artes 2017.

Serviço: Contos Daqui Pra Lá

Abertura: 15 de julho às 15h

Público: Comunidade e Turistas | Entrada Franca

Visitação: 15 a 30 de julho

Horário de Visitação: 8h às 18h

Local: Casa de Tomás Antônio Gonzaga | Rua Cláudio Manuel, 61, Centro, Ouro Preto/MG



19/07/2017