Oficina de fotografia do Coletivo Olho de Vidro


O olhar apurado e sensível de três fotógrafos e de um poeta, moradores de Ouro Preto, fez surgir, em 2006, o Coletivo Olho de Vidro. Formado pelos fotógrafos Alexandre Martins, Antônio Laia e Eduardo Tropia, e pelo poeta Guilherme Mansur, o Coletivo traz, anualmente, exposições temáticas de fotografia, pontuadas por intervenções de arte. A oficina de fotografia, que irá ocorrer durante o Festival de Inverno Ouro Preto Mariana 2017, permite aos interessados partilhar da experiência destes artistas, além de terem seu trabalho observado por eles.

Os inscritos na oficina irão participar de reuniões conjuntas com esses três fotógrafos. Os temas serão escolhidos e debatidos, e os alunos terão sete dias para colocar a "mão na massa" e fotografar. Ao final, as fotos serão avaliadas em conjunto. As imagens selecionadas participarão da mostra do Coletivo Olho de Vidro de 2017, de forma virtual, na Sala Manoel da Costa Athaíde, Anexo do Museu da Inconfidência, onde também acontecerão os encontros da oficina.

Para profissionais e amadores da fotografia com mínima experiência no equipamento utilizado. Esse trabalho faz parte da curadoria de artes visuais do Festival de Inverno Ouro Preto e Mariana | Fórum das Artes 2017, que comemora 50 anos.


8 de julho | sábado | das 10h às 12h 

 Apresentação dos temas em conjunto com os três fotógrafos. Discussão dos temas escolhidos pelos alunos com o fotógrafo responsável.

 

9 a 13 de julho | domingo a quinta-feira | horário livre

Destinado à produção das fotografias pelos alunos, de acordo com os temas escolhidos.


11 de julho | terça-feira | 14h às 17h

Encontro para dúvidas e soluções.


14 de julho | sexta-feira | 14h às 17h

Avaliação e seleção dos trabalhos a serem apresentados em projeção na exposição Olho de Vidro durante a mostra no anexo do Museu.



27/06/2017