Sesi Fiemg expõe o acervo de presépios da FAOP


O Sesi Fiemg de Ouro Preto recebe, nesta sexta-feira (15), às 9h, a exposição do acervo de presépios que a Fundação de Arte de Ouro Preto | FAOP formou ao longo dos 45 anos de Concursos Nacionais de Presépios. As obras foram feitas com diversos materiais, como pedra-sabão, giz para quadro negro, lata, cabaças e outros, ficarão abertas a visitação até o dia 6 de janeiro.

Localizado no centro turístico de Ouro Preto e uma das principais galerias da cidade, O Centro Cultural e Turístico SESI Ouro Preto recebe trabalhos de artistas nacionais e internacionais. A presidente da FAOP, Júlia Mitraud, ressalta que a parceria entre as instituições é de suma importância para a promoção e divulgação de arte e cultura da região.

Assim, a continuidade do Concurso fortalece, a cada ano, a história da cidade marcada com suas gerações de artistas. Segundo a gerente do Sesi Fiemg local, Bernadete Cunha, “a exposição dos presépios é um presente para os moradores e visitantes de Ouro Preto”.

História do Concurso Nacional de Presépios

Criado durante o tempo em que o escritor Murilo Rubião foi presidente da FAOP, o Concurso Nacional de Presépios surgiu como uma forma de estimular releituras e novas interpretações da tradição católica. Sendo promovido anualmente pela Fundação, o concurso resulta em uma exposição que apresenta trabalhos que retratam a riqueza, originalidade e diversidade do povo brasileiro.

As obras concorrentes são avaliadas por um júri técnico, que seleciona três obras, e por um júri popular, que seleciona uma. Os premiados recebem valores em dinheiro e são inseridos no acervo da FAOP.

Presépios

A representação do nascimento de Jesus Cristo, em Belém, norte de Israel, cercado de animais, anjos, pastores e dos três reis magos – Baltazar, Belchior e Gaspar – teve início no século XIII, pelas mãos de São Francisco de Assis, com o objetivo de tornar mais fácil a assimilação da história pelos camponeses da época.

O costume, assim como a fé cristã, ganhou o mundo com as colonizações. No século XVII, o religioso Gaspar, homônimo do rei mago, de Santo Agostinho criou o primeiro presépio no Brasil, na cidade de Olinda/PE.

Serviço: Acervo de Presépios da FAOP na FIEMG

Local: Praça Tiradentes, 4, Centro, em Ouro Preto/MG

Data: 15 de dezembro a 07 de janeiro

Público: Moradores e Turistas

Entrada gratuita

Informações:  3552-2480 ou producao@faop.mg.gov.br


12/12/2017